O Que Te Impede De Mudar?

resistência

Um dos aspectos mais extraordinários da era tecnológica é o acesso que temos a cada modalidade de cura existente. Quandono passado, você teria que viajar centenas ou mesmo milhares de quilômetros para se sentar aos pés de um grande mestre, hoje você só precisa pressionar algumas teclas e a sabedoria dos mestres espirituais e psicólogos flui em sua sala de estar.

Quer aprender yoga? Aperte um botão. Quer assistir Thich Nhat Hanh ou o Dalai Lama conversando com você sobre meditação? Free on YouTube. Quer aprender sobre um caminho especial para ajudá-lo a manifestar a vida dos seus sonhos? Aqui está. A informação é imediata, acessível e muitas vezes gratuita.

Assim, com todas estas pedras preciosas à espera de serem recebidas como presente – esta sabedoria são preciosas gemas que podem transformar uma vida de depressão e ansiedade e fazer  fluir a liberdade – o que impede as pessoas de mudar?

Há uma razão: resistência.

A resistência é parte da condição humana. Se fosse fácil mudar, nós todos seríamos mestres iluminados neste momento, seríamos capazes de seguir práticas que sabemos que são boas para nós: meditação, yoga, alimentação saudável, só para citar algumas.

Uma declaração comum que eu ouço de meus clientes é: “Eu quero aprender a mudar”, o que significa que eles querem se sentir melhor, mas eles não querem fazer o que é preciso para chegar lá. Como você sai do desejar de mudar para realmente mudar? Primeiro você deve lidar com a resistência.

Eu posso sentir em alguns atendimentos, quando estou trabalhando com um cliente que está preso atrás de uma parede de resistência. Há uma qualidade especial para o trabalho, especialmente quando falamos sobre as ações amorosas que precisam acontecer para que uma mudança sustentável ocorra. Se ficarmos falando até altas horas sobre sua história, e sem que haja uma percepção interna, a mudança nunca ocorrerá.

Perspicácia + Ação = Mudança

Quando chega a hora de implementar as ações necessárias que resultem em mudança, a resistência se projeta como um bloco de gelo. Nesse ponto, toda a conversa sobre o exercício, ioga, respiração, meditação, ou uma alimentação saudável cessa, e temos de lidar diretamente com a resistência. E isso não é fácil.

Por que resistir? Nós resistimos porque a mudança é assustadora. Nós resistimos porque o ego tacanho, baseado no medo, sabe que a mudança de qualquer tipo resultará em sua própria morte, e ninguém quer morrer, nem mesmo os aspectos mais sombrios de nossa própria mente.

Como eu trabalho com a resistência?

A abordagem mais eficaz é encontrar a resistência com uma enorme compaixão . Eu prendo a mentalidade de que talvez haja alguma sabedoria na resistência. Talvez, ao lado do medo do ego, há também um mecanismo de auto-proteção que se levanta de uma forma saudável, como se dissesse: “Eu não estou pronta. Eu não estou pronto para mudar. Eu não tenho a estrutura do ego, ou o apoio, ou não é o momento certo.”

Por mais miséria na qual você possa estar, eu acredito que outro trabalho precisa ocorrer antes que as grandes mudanças possam acontecer. Na maioria das vezes o trabalho envolve o desenvolvimento de um forte e confiante relacionamento consigo mesmo, talvez o primeiro relacionamento em sua vida com alguém que ama a sua natureza essencial. O eu interior sabe que saltar do precipício da mudança sem alguém segurando em uma base segura, não é apenas terrível, mas insuportavelmente aterrorizante.

Uma coisa que sabemos  é que só podemos mudar em um clima de aceitação e amor. É um paradoxo interessante: você deve aceitar-se exatamente como você é antes de pode mudar quem você é. O amor cura, e quando alguém se sente amado e aceito pelo outro, visto pelo outro com amor, ele pode começar a ver-se com a mesma lente. E depois, como que por algum mistério invisível, o bloco de resistência pode lentamente começar a derreter e mudança duradoura pode começar a ocorrer.

Namastê!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s